O que é um plano de estudos?

Basicamente um plano de estudos é uma organização temporal de ações que estipula tanto os prazos quanto os objetivos a serem alcançados. Um bom plano de estudos é capaz, por exemplo, de travar datas estratégicas para estudo ou preparo de um trabalho.

Ao se desenvolver um plano de estudos, você será capaz de se organizar e projetar a evolução do que foi feito ou ainda precisa ser feito. Um plano de estudos é ainda mais importante para os casos de ensino on-line.

Para preparar o plano de estudos é importante você considerar:

  • objetivos de aprendizado (o que você precisa aprender) para cada uma das fases do seu plano
  • motivo do aprendizado (o que se espera que você faça com o aprendizado) a fim de determinar quais estratégias de estudo você deverá fazer

A seguir serão apresentados os passos para a elaboração de um plano de estudo.

Passos para elaboração do Plano de Estudo

1) Calendário de atividades

O primeiro passo é a criação de um calendário que apresente o conjunto de atividades que você terá que entregar. Além disto esse calendário deve conter suas aulas e atividades regulares. A partir deste primeiro mapeamento você saberá exatamente quais são os tempos livres que terá.

O ideal é se basear num calendário semanal. Nele anote todas as suas atividades e compromissos rotineiros (incluindo atividades não-acadêmicas, como esportes, aulas de música…). Uma vez feito o mapeamento inicial, identifique os tempos de estudos disponíveis, sempre buscando intervalos de, no mínimo, 1 hora de duração.

2) Desenvolvimento do calendário

Uma vez identificados os períodos de estudo, você precisa considerá-los como compromissos. Ainda que um tempo de estudo seja facilmente alterável já que só depende de você (ao contrário do que ocorre com compromissos que envolvem outras pessoas), é importante que você consiga internalizar o tempo de estudos como um compromisso. 

O ideal é destacar bem o período de estudo no seu calendário, de forma que você consiga guardar a ideia de que é um compromisso.

Outro ponto importante é buscar predeterminar qual tema será estudado em cada um dos momentos de estudo previstos. Se você deixar para escolher na hora tenderá a escolher o que mais te agrada. O resultado disto tende a ser o desperdício de tempo e a postergação dos temas que você tem mais dificuldades.

3) Determinação dos objetivos de estudo

Além da escolha da disciplina/tema a ser estudado, é importante que você tenha clareza do que quer alcançar em cada sessão de estudos. No começo da semana determine o que você quer alcançar levando em conta entregas de trabalhos, provas ou mesmo momentos mais calmos do semestre. 

Em alguns momentos, sobretudo para disciplinas nas quais você tem mais facilidade, por vezes a “negociação” que você terá que fazer consigo mesmo está entre ceder um tempo do estudo para outra disciplina ou melhorar ainda mais o seu desempenho na disciplina em que você tem mais facilidade. Geralmente isso significa uma troca de notas (melhor ou pior desempenho nas disciplinas).

4) Não fure com seu plano

Um plano de estudos funciona desde que você o siga de forma consistente. Assim, faça um plano realista e se esforce para sempre cumpri-lo. Esteja sempre pronto para alterar o plano, mas desde que isso não prejudique o caminho geral que você está seguindo. Aqui a lógica é como ir para academia. Se você não for um dia tenderá a não ir em outro e assim por diante. O resultado é que logo você se verá oficialmente engajado com a academia (ou com o plano de estudo), mas não a frequentará.

Uma forma de conseguir cumprir com seu plano é sempre planejar também o tempo para atividades não-acadêmicas, especialmente de lazer. Ao fazer um plano mais equilibrado entre sua vida acadêmica e pessoal, será mais fácil para aceitar o plano como um todo.

Evite planejar muitos dias seguidos de estudo mais longo. Isso tende a criar um stress maior, estimulando o não cumprimento do plano. 

Muitos estudantes têm uma chance de sucesso maior em manter o plano de estudos quando trabalham em parceria. Além de haver um controle/pressão mútuo entre a dupla, um parceiro também ajuda nas discussões. Para isto, tente encontrar um parceiro e faça seu plano de estudos levando em consideração os tempos disponíveis do parceiro. Mas lembre-se: não é para fazer uma reunião de amigos e sim uma ação de estudo em parceria.

Dicas de softwares para te ajudar a planejar o estudo

Existem alguns softwares que ajudam na hora de estudar. A seguir está uma lista que pode te ajudar.

MyStudyPlan (Iphone)

Plano Momentum (Android)

Speed Reading Trainer (Android)

 

Leave a Reply