Introdução 

Fazer anotações é uma das principais formas de relembrar conceitos que foram apresentados durante uma aula. Não se trata apenas de se preparar para uma prova, mas também será um estímulo para você prestar atenção durante uma aula. Outro benefícios importante de se fazer anotações é que este ato te ajudará a organizar as ideias e a colocá-las em suas próprias palavras, tornando mais fácil seu aprendizado.

Para preparar uma aula os professores tendem a buscar os principais conceitos de um determinado tema ou área. Ao fazer suas anotações de aula você terá uma pre-indicação do que deve estudar. Os livros costumam apresentar vários conceitos e ideias, então você poderá aproveitar a indicação do que foi dito em sala para se focar no estudo de livros.

Como fazer anotações eficazes

Existem diferentes formas de se fazer anotações, sendo que cada estudante deve testar diferentes meios até encontrar aquele que lhe dá mais resultado. A seguir serão apresentadas algumas dicas para ajudar a fazer anotações.

Esteja preparado para a aula: vá para a aula com tudo o que precisará para fazer as anotações. Tenha um caderno especialmente dedicado para cada disciplina. Tenha canetas e lápis para fazer as anotações básicas e também canetas coloridas e/ou grifadoras de textos. O uso de cores facilita a memória visual. Em aulas mais difíceis é aconselhado que se grave para voltar a escutar durante os estudos (mas lembre-se de sempre pedir autorização para o professor antes de iniciar a gravação de uma aula.

Aprenda a ser um bom ouvinte: para fazer boas anotações você deve ser um bom ouvinte e saber analisar o que escuta. Para isso, se concentre no professor e evite conversas paralelas, elas podem interromper uma linha de raciocínio que depois é difícil de recuperar. Você não deve anotar tudo e da forma como o professor fala. Se concentre nos conceitos e seus fundamentos. Quando um professor escreve no quadro branco é porque deve ser algo bem importante. Não anote apenas o que ele escreveu, mas coloque comentários seus para deixar claro o que o professor quis explicar. Sempre que for apresentada uma figura ou gráfico, anote qual figura é e que tipo de comentários o professor fez sobre ela. Provavelmente se trata de uma aplicação de um conceito explicado.

Faça anotações que te sejam úteis: cada pessoa tem uma forma de recuperar ideias, entenda como você as recupera e como trabalha com elas. É a partir disto que você deverá desenvolver seu método de fazer anotações. Algumas formas de anotações para estudo são: uso de cadernos, cartões de anotações, uso de canetas coloridas para fazer diferentes anotações, mapas mentais, desenhos… O uso de abreviações ajuda a anotar mais coisas em menos tempo, desenvolva um sistema de abreviações próprias (o ideal é fazer uma lista de abreviações numa folha à parte, conforme você cria novas abreviações, vá anotando nesta folha).

Compare suas anotações: comparar suas anotações com as feitas por outros estudantes é uma boa forma de rever conceitos e identificar possíveis conceitos não compreendidos e/ou anotados. Além disto, você tende a ganhar mais perspectivas e base argumentativa conforme tem contato com outras anotações. Se fizer parte de um grupo de estudos, organize no grupo a troca de anotações entre todos os membros, de forma a aumentar sua exposição a outras anotações.

Reveja, edite e organize suas anotações: quando a aula acabar, reveja suas anotações e corrija possíveis erros. Muitas vezes existem frases cortadas ou coisas confusas em função do curto tempo disponível na elaboração das anotações. Quanto mais perto da aula você fizer a revisão, mais frescas estarão as ideias e mais fácil será para corrigir tudo.

 

Leave a Reply